Christian Jeub

Christian Jeub, nascido em Solingen, estudou música sacra e educação musical na Musikhochschule em Colônia, Alemanha, sendo pós graduado em Regência Coral e Orquestral na Folkwangschule em Essen.  Paralelo aos trabalhos corais próprios, regeu variadas produções como “Die Fledermaus” – “O Morcego” e “Die Zauberflöte” –

“A Flauta Mágica”. Em Orvieto na Itália, ele dirigiu a obra “Um Ballo in
maschera” de Verdi em agosto de 2003. Em 2005, foi premiado no concurso de regência de Bologna.

Atualmente, é diretor musical da Universitätsmusik de Koblens (Universidade de Musica de Koblenz) e rege o coral da universidade e a Orquestra Sinfônica jovem de Koblenz. 



Modesto Fonseca

Nascido na cidade mineira de Ponte Nova graduado em música, Bacharelado em Regência, pela Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, mestre e doutor em musicologia histórica pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO.

É Professor Adjunto do Departamento de Música da Universidade Federal de São João del-Rei desde 2010, onde leciona, entre outras, as disciplinas Prática de Orquestra e Canto Coral. Foi Regente Adjunto da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo de 1993 a 2010, é Regente Titular da Orquestra de Câmara de Viçosa – MG desde 1994 e é o atual Diretor-Regente da Orquestra Lira Sanjoanense.

Como regente visitante esteve à frente de diferentes orquestras e corais em Minas Gerais, Espírito Santo, Paraíba e Rio de Janeiro.